ASTM D4007: como é o teste de teor de água e sedimentos

O ASTM D4007 e o ASTM D2709 são métodos de determinação do teor de água e sedimentos no petróleo e em produtos derivados de petróleo.

Por que o D4007 precisa ser feito?

O petróleo é um recurso mineral composto de milhares de diferentes elementos, tratando-se de uma matéria-prima complexa. Sua composição é, porém, majoritariamente de hidrocarbonetos. Eles representam até 98% da composição total desse mineral.

Entre os demais componentes, os principais são o oxigênio, o enxofre e o nitrogênio. Não obstante, é preciso observar que a água é um componente presente no óleo cru, algo que ocorre desde a sua formação.

Sobre a importância do ASTM D4007 e do ASTM D2709, ela está relacionada à medição do teor de água e sedimentos na composição do petróleo. Em níveis acima do razoável, esses elementos podem causar corrosão em equipamentos e problemas no processamento.

A realização do teste é fundamental, também, para determinar os volumes de petróleo para embasar impostos, vendas e transferências de custódia.

Funcionamento e limitações do ASTM D4007

O método utilizado para a medição do teor de água e sedimentos no petróleo é a centrifugação. Trata-se de método laboratorial eficaz na finalidade de separar diferentes fases de um elemento.

Vale esclarecer, todavia, que esse método carece de maior precisão. Em situações em que se faça mandatório estabelecer a medida precisa da água no óleo cru, é recomendado o uso de métodos de destilação, no caso da água, e, para os sedimentos, o método de extração.

Outro ponto importante é que esse método não é recomendado para medição de petróleo bruto que em sua composição contenha álcoois solúveis em água. Uma vez que o prognóstico de impacto nos resultados seja significativo, o teste D4928 é o mais recomendado.

É possível medir o teor de água e sedimentos em produtos derivados de petróleo?

Também é possível, utilizando o método ASTM D2709, fazer a medição do teor de água e sedimentos em derivados de petróleo. Aspecto que está fortemente relacionado com a qualidade desse tipo de produto.

A presença de água e sedimentos em um produto derivado de petróleopode acarretar problemas como:

  • Incrustações nas instalações para manuseio de combustível, acarretando problemas no sistema de um;
  • Sedimentos acumulados em tanques de armazenamento e filtros pode acarretar o bloqueio de fluxo;
  • Corrosão de tanques e outros equipamentos pode ser causada pela água nos produtos derivados de petróleo;
  • Aumento microbiótico nos sistemas de armazenamento dos produtos derivados de petróleo.

Esperamos que o conteúdo tenha sido útil.

Também estamos à disposição para atender sua empresa na área de análise laboratorial.

A Texas Oiltech atende aos segmentos de refinarias, empresas produtoras de petróleo, fabricantes, distribuidores, termelétricas, mineradoras, transportadores e indústria químicas, com alto padrão de qualidade e excelência.